Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fahion And Other Teas

Um chá de moda e informação para os que correm com a atualidade. Um brinde! A fashion and news tea for the those who run with our times. Cheers!

Fahion And Other Teas

Um chá de moda e informação para os que correm com a atualidade. Um brinde! A fashion and news tea for the those who run with our times. Cheers!

07
Abr20

Bullying e suas eternas cicatrizes...

Clara Cardoso

E então, após acontecimentos e pedidos, venho aqui falar como tema do post de hoje sobre bullying. Afinal, o que realmente é bullying?? Será que todo o tipo de comentário e brincadeira é bullying?? 

Segundo as diversas informações que obtive através de sites e livros, posso dizer, de maneira resumida, que bullying é a prática de atos de violência piscológica e física intencionalmente e repetidamente, cometidos por um ou mais agressores contra uma determinada pessoa, também chamada de vítima. 

 

 

Logo que toda violência tem tipos, o bullying não deixa de ter os seus também. Portanto, a quantidade das possíveis variedades desse, classificam-se como físico, moral, psicológico, material, verbal, social, sexual, familiar, preconceituoso e cyberbullying. Sendo assim, podemos concluir que são diferenciados a partir da forma como são praticados.

 

Mas afinal de contas, como faço para diferenciar se estou sofrendo bullying ou se estou apenas sendo alvo se brincadeiras que não me agradam??

Pois bem, posso dizer a partir de experiência própria no assunto, penso que podemos diferenciar um do outro de uma forma muito simples e direta. Se não nos faz bem, nos intimida, gera inseguranças e medo ao ponto de nos atormentar, obviamente já não se trata mais de brincadeiras de mal gosto. 

Recentemente, Quaden Bayles sensibilizou diversas pessoas, incluindo celebridades como jogadores de futebol e atores de todo o mundo com um vídeo em que ele chora demasiadamente e diz que quer tirar a própria vida. Portador de nanismo, o garotinho foi filmado pela mãe ao sair da escola depois de sofrer bullying, na Austrália. Coloquei abaixo um pequeno trecho do vídeo, caso queiram assistí-lo.

Esse caso, foi só mais um de tantos existentes, de tantos pedindos socorro calados, sem serem ouvidos. O bullying existe sim e a cada dia que passa só fere mais e mais pessoas, deixando cicatrizes eternas que infelizmente não podem ser apagadas.

Digo abertamente a vocês, que fui alvo disso e sinceramente, é horrível!! É uma constante sensação de culpa e dor, como se estivessem tentando te afogar a todo no momento numa enorme piscina, sem possibilidade de respiração. 

O meu principal objetivo nesta publicação, é incentivá-los a pedirem ajuda e denunciarem, se estiverem passando por isso. Sei que não é fácil, mas devemos, pelo nosso bem e pelo bem dos outros, a fim de evitar e previní-los também. E se você conhece alguém que esteja passando por isso, ou algo parecido, ajude e apoie essa pessoa. 

Porém, imagino que devam estar se perguntando para quem devemos pedir ajuda e denunciar. Então, sugiro que se for um menor de idade, primeiramente busque seus pais e uma autoridade de sua escola para relatar o problema. Caso seja um maior de idade, saiba que bullying já é considerado crime alguns países, podendo levar de três até dez anos de cadeia, assim sendo, denuncie.

Acredito que o principal motivo, que explique o que leva aos agressores a praticarem essa violêcia, seja talvez a repressão de sentimentos, a falta de afeto entre familiares e amigos. E infelizmente, a partir disso consideram geralmente a violência, como única forma de "libertarem'' aquilo que sentem.

Para mim, bullying não se trata de um problema entre algumas pessoas, mas sim sobre um problema social que deve ser tratado, a fim de reduzí-lo e futuramente evitar outros.

Gostaria de indicar um filme muito interessante sobre o tema, chama-se "Extraordinário". Coloquei o cartaz abaixo, caso queiram asistí-lo.

 

Espero ter ajudado-vos!! Beijinhos de luz e até o próximo post!! Fiquem seguros em casa!! 

Lembrem-se que não estamos sozinhos! 

 

 

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub